O futuro do automóvel – agora

Neste momento já se torna comum a ideia de ter um automóvel ligado à internet. E esse tipo de desenvolvimentos tecnológicos apresenta promissoras oportunidades de negócio. Nos Estados Unidos representam já 9,3% da frota americana.

O automóvel poderá ter tecnologia interna que o torna ligado à internet ou pode estar emparelhado com o seu smartphone. Essas tecnologias internas poderão estar incluídas no próprio automóvel, mas já existem mecanismos que se podem adicionar a automóveis posteriores a 1996. Os serviços de manutenção para a ligação desses dispositivos já estão a ser inclusivé oferecidos por algumas marcas de automóveis, como a Audi, com serviços de subscrição que andarão à volta de 200 dólares por semestre. Os fornecedores de serviços de telemóvel americanos também já incluem este serviço por valores que começam nos 10 dólares por mês.

E o que é que um carro ligado à internet pode fazer por si? As possibilidades são imensas:

  • notificações de acidentes;
  • segurança contra roubos, como desligar remotamente o motor;
  • geolocalização de restaurantes e hóteis na viagem;
  • análise contínua do comportamento na estrada, do veículo e do condutor – informação que pode ser usada posteriormente pelas companhias de seguros;
  • geolocalização de lugares de estacionamento vagos com possibilidade de pagamento antecipado;

A Via Verde à qual já estamos habituados é apenas o começo. Há muito mais que a tecnologia pode fazer para melhorar a qualidade das suas viagens. A Mercedes, a Ford e a BMW: várias marcas já oferecem serviços inovadores a quem adquirir um dos seus veículos.

Quer saber mais? Veja aqui.

 

Créditos imagem: BMW

Comments ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    Peça uma cotação