O fim da era dos hipermercados?

O fim da era dos supermercados

As notícias sobre o declínio nas vendas de um dos maiores hipermercados têm-se espalhado pelas agências noticiosas:
o gigante Walmart, uma das maiores cadeias de hipermercados do mundo, tem tido quedas nas vendas nos últimos meses. Nem tudo é explicado pela crise e pela diminuição do poder de compra da classe média.

Os consumidores têm, gradualmente, passado a optar por pequenas lojas de bairro. Já não sentem que fazer viagens de carro para encher o frigorífico seja algo que compense. Preferem fazer as compras em locais que apresentem o melhor preço por melhor conveniência. Locais onde conseguem comprar o que usam habitualmente, de preferência perto de casa. O consumo online também está a alterar a forma de adquirir bens que se definiu como norma nos anos 90: ao invés das compras para o mês onde também se compravam um número indefinido de artigos para a casa, roupa, carro, etc., o consumidor começar a optar por efectuar as suas compras em mercados mais próximos de casa para os artigos que considera essenciais e para artigos esporádicos em plataformas online.

O consumidor hoje é mais ponderado e informado. A diminuição do rendimento das famílias a par da facilidade em descobrir informação na internet faz com que quem vá comprar, por exemplo, uma televisão, já não a compre no hipermercado onde faz as compras do mês. Agora o consumidor irá fazer uma pesquisa online de modelos, características técnicas, preços e só aí optará pela loja onde irá adquirir a televisão. E se essa loja tem a possibilidade de ser adquirida online, o número de pessoas que já não se dá ao trabalho de ir à loja aumenta todos os dias.

Não será para já que vamos ver os hipermercados a fecharem. No entanto, os directores destas cadeias estão atentos e logicamente preocupados com o decréscimo das vendas e com o crescimento dos concorrentes online. Independentemente disso, estas alterações e o aumento de possibilidades de consumo beneficiará, em último caso, o consumidor final.

 

Cristina Dias
Business Development @ Selmax

Comments ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    Peça uma cotação