FINANCIAMENTO A ACÇÕES DE COOPERAÇÃO ENTRE REGIÕES DE PORTUGAL, ESPANHA E FRANÇA

interegO Programa Interreg Sudoe apoia o desenvolvimento regional no sudoeste da Europa promovendo a cooperação transnacional para resolver problemas comuns às regiões do sudoeste europeu, como o baixo investimento em investigação e desenvolvimento e a baixa competitividade das PME

Em resumo, a União Europeia considera que a forma mais eficiente de encontrar soluções para estes desafios é trabalhar em comum. Unindo os esforços vai permitir superar as barreiras nacionais e permitirá extrair as melhores
ideias, partilhar boas práticas e evitar duplicar os trabalhos.

Os projectos devem ser apresentados por parcerias formadas por entidades públicas ou privadas procedentes das seguintes regiões:

  • Espanha: todas as comunidades autónomas (excepto Canárias) e as cidades autónomas de Ceuta e Melilla.
  • França: Aquitania, Auvernia, Languedoc-Rosellón, Limosín, Midi-Pyréneés e Poitou-Charentes.
  • Portugal: todas as regiões continentais (exceto Madeira e Açores).
  • Reino Unido (Gibraltar) e o Principado de Andorra.

 

As tipologias de projectos elegíveis estão organizadas em 5 eixos temáticos:

  1. Investigação e Inovação
  2. Competitividade das PME
  3. Economia de baixo teor de carbono
  4. Luta contra as alterações climáticas
  5. Meio ambiente, eficiência e recursos.

 

O Programa conta com um orçamento de 141 milhões de euros e o próximo concurso está previsto para Outubro de 2016, mas apenas para os eixos 1 e 5.

 

Poderão ser apresentados projectos de:

  • Eixo 1: Criação ou desenvolvimento de plataformas de colaboração, fomento de Associações Europeias de Inovação e as Plataformas Tecnológicas Europeias, coordenação entre as estratégias regionais de especialização inteligente, desenvolvimento de modelos de transferência de tecnologia, consolidação de cadeias de valor no âmbito dos Tecnologias Facilitadoras Essenciais (TFE), desenvolvimento de acções piloto e projectos demonstrativos multi-TFE, difusão de tecnologias TFE ao nível de empresas e outras infraestruturas de I+D+i e aplicação da inovação para a melhoria da protecção do ambiente.
  • Eixo 5: Estratégias de desenvolvimento sustentável e de atenuação do impacto ambiental em espaços turísticos e de exploração económica, melhoria do conhecimento do património cultura e natural comum e do potencial económico das zonas naturais, promoção do património natural e cultural reconhecido a nível internacional, valorização económica dos produtos resultantes da exploração florestal e de recursos naturais, estratégias conjuntas de protecção e restauração dos ecossistemas e gestão integrada dos recursos e zonas
    naturais e projectos de preparação ou trabalhos de engenharia ecológica para estabelecer uma rede da continuidade ecológica, incluindo a zona urbana e periurbana.

Quer saber mais? Siga o link abaixo e consulte o manual do programa… ou contacte-nos!

http://www.interreg-sudoe.eu/contenidoDinamico/LibreriaFicheros/B8E6129B-01B4-BF0A-D381-6E58437349D2.pdf

 

E bons negócios!

 

 

 

 

 

Comments ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    Peça uma cotação